História

A Companhia foi constituída em 28 de maio de 1968 sob a denominação de União Participações Industriais Ltda., sendo pioneira no setor petroquímico e participando de modo efetivo na instalação do Polo Petroquímico de São Paulo, o primeiro do Brasil. Em 1971, obteve o registro de companhia aberta e, ao longo dos anos 1980, consolidou sua posição de destaque na indústria petroquímica nacional. Desde a sua fundação detinha 50% de participação na Carbocloro, uma joint venture com o Grupo Occidental.

Nas décadas de 1990 e 2000, participou expressivamente do Programa Nacional de Desestatização do setor petroquímico e constituiu a Rio Polímeros – complexo gás-químico no RJ, iniciou a ampliação de capacidade do Polo de São Paulo e realizou aquisições, cujos ativos foram consolidados na Quattor Participações, em 2008, que se tornou a segunda maior empresa petroquímica da América do Sul, tendo a Petrobras como sócia e cujo controle era exercido pela Unipar, com 60% do capital votante. Em 2010, a Unipar vendeu à Braskem a totalidade de sua participação na Quattor Participações.

Em 2013, a Unipar adquiriu 50% do capital social da Carbocloro detido pelo Grupo Occidental, passando a deter 100% da sua titularidade, focando, assim, sua estratégia na atuação direta no setor de soda, cloro e derivados.

Em maio de 2016, a Companhia celebrou contrato de compra e venda de ações com a Solvay Argentina S.A., produtora de PVC e soda cáustica, para aquisição de 70,6% da Solvay Indupa S.A.I.C. A conclusão da aquisição se deu após a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) em dezembro de 2016 e, em 2017, foram adquiridas mais 17,2% de participação através de OPA na Argentina, totalizando a participação de 87,8% de controle e a consolidação das operações.

Em 11 de janeiro de 2018, a agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu à Unipar o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA-(bra), Perspectiva Estável corporativo e para sua 4ª emissão de debêntures. O rating reflete a posição mediana dos negócios da Unipar no setor latino-americano de petroquímicos, a liderança no mercado brasileiro de cloro-soda, o saudável histórico de geração de caixa operacional e margens, além do perfil financeiro conservador, suportado por baixa alavancagem e adequado perfil de dívida.

Em agosto de 2019, foi realizada uma nova OPA para aquisição de até a totalidade das ações da Unipar Indupa Argentina, com posterior cancelamento do seu registro de companhia aberta, no qual registrou-se a adesão de acionistas titulares de 44.150.972 ações ordinárias. Em dezembro de 2019, a Indupa Argentina recebeu decisão enviada pela CNV (Comisión Nacional de Valores, concluindo a oferta pública de retirada voluntária e deslistagem das ações na BCBA, passando a deter 98,4% do capital votante da controlada.

Em dezembro de 2019, o rating da Companhia e de suas 4ª e 5ª emissões de debêntures foi elevado para AA(bra) / Fitch Ratings.